segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Havaianas banida com estilo

Devido às reclamações de diversos consumidores a Alpargatas decidiu por retirar do ar a campanha das novas Havaiavas Fit – aquele comercial que a avó diz para a neta “Mas quem falou em casamento? Tô falando de sexo. ”

Vou falar da grande sacada democrática de retirar o comercial da televisão e mantê-lo na internet e ainda divulgar isso com a mesma avó moderninha. Isso sim é que é sair em grande estilo.


Alpargatas e Almap, parabéns! Vocês ganharam pontos depois dessa.


VEJAM no link a tal "grande sacada" : http://www.youtube.com/watch?v=q4Lsk_cEdQA

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Publicidade e Heróis

















clique nas imagens para ampliá-las e visualizar

Quem Sabe um Dia

"Quem Sabe um Dia
Quem sabe um dia
Quem sabe um seremos
Quem sabe um viveremos
Quem sabe um morreremos!

Quem é que
Quem é macho
Quem é fêmea
Quem é humano, apenas!

Sabe amar
Sabe de mim e de si
Sabe de nós
Sabe ser um!

Um dia
Um mês
Um ano
Um(a) vida!

Sentir primeiro, pensar depois
Perdoar primeiro, julgar depois
Amar primeiro, educar depois
Esquecer primeiro, aprender depois

Libertar primeiro, ensinar depois
Alimentar primeiro, cantar depois

Possuir primeiro, contemplar depois
Agir primeiro, julgar depois

Navegar primeiro, aportar depois
Viver primeiro, morrer depois"

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Gripe H1N1

Um vídeo super interativo para entendermos sobre a proliferação do vírus.
Vale a pena ver.

video

sábado, 2 de maio de 2009

feeling

Eu só estive com quem eu realmente me apaixonei por uma vez na vida...
Namorei por alguns meses, mas não durou por toda a eternidade como eu dizia.

Estou com a estranha sensação de que isso vai acontecer de novo.

Não com aquele por quem eu me apaixonei à 2 anos atrás, mas por quem estou apaixonada agora.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

sábado, 18 de abril de 2009

Gosto


Gosto de gostar de você

Embora ainda não saiba se o gostar é um gostar

Gosto de te ver chegar e gosto do seu sorriso ao me ver

Gosto de sentir o gosto, mesmo sem saber que gosto tem.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Whiskas


Não, não estou enxendo a bola da famosa marca de ração para gatos.

Este é um trabalho que tive que fazer para a facul, ficou legal, e vamos compartilhá-lo né?!


quinta-feira, 2 de abril de 2009

Eclipse

Hoje, durante o meu almoço, resolvi deitar no meu quarto e continuar a ler “Eclipse” (eu estava endoidecida pra saber como terminaria a guerra entre vampiros e uma parcela de lobisomens amigos).
E tamanha foi a minha surpresa quando Bella (a suposta mocinha) se entregou em um beijo apaixonado com Jacob (o amigo lobisomem, ainda em forma humana), e teve o maior climão de romance, enquanto seu namorado Edward (vampiro, perfeito e sensual) estava fora.

Fui embora pro trabalho pensando na vida, em como aquelas histórias me faziam bem, me faziam viajar e sentir que sou uma sonhadora.

Parei pra pensar em como meu “Edward” era perfeito, mas não estava nenhum pouco afim de mim (e muito menos me namorava), e o meu Jacob, que também não estava nenhum pouco afim de mim. Aí já pensei em como minha vida é um poço de merda, e tudo era diferente. Mas aquele beijo inesperado, aquela entrega da Bella pro Jacob me deu esperança.
Quem sabe esse Jacob não seja alguém tão próximo que eu não possa perceber?!

segunda-feira, 30 de março de 2009

Bloqueio !

Pensa em uma pessoa que quer muito um cara, mas tem um bloqueio tão, tão grande, que mal consegue dizer "oi" pra ele.
Pensa em uma pessoa que parece ser antipática porque tem um bloqueio, e o cara não faz idéia disso e realmente deve estar pensando que ela não gosta nenhum pouco dele.
Pensa em uma pessoa confusa pra caralho!
Pensa em uma pessoa carente pra caralho!
Pensa em uma pessoa doida, que come pizza as 11 hs da noite.
Pensa em uma pessoa emputecida porque quer, quer, e quer, mas não consegue por causa do maldito bloqueio.
Agora para....
Pensa numa pessoa que ta indo dormir!
é..... sou eu!

Boa Noite,
Sorte pra mim no meu 'desbloqueio'.

terça-feira, 24 de março de 2009

Vai ser feliz, desapega colega!


Campanha do Desapego, começando com muita força de vontade!

Espero que eu e as meninas tenhamos muito sucesso nessa nova empreitada.



Don´t Be My Drug!


quarta-feira, 18 de março de 2009

lindas palavras vindas



"Árdua e descalça a procurar ausências em meus labirintos empoeirados.
Hoje eu amanheço vestida de coragem, cor e poesia.
É que tenho urgência em me despir das pedras para me cobrir até os ouvidos de ternura.
Não quero ser dúvida ou certeza, quero mais que o tempo de um sonho, quero uma vida ousada, como quem não se esqueceu que nasceu para as asas..."






terça-feira, 17 de março de 2009

o fim...

Era um lencinho branco balançando na janela do trem...

Um barulho forte de um navio partindo....


O vento levando embora uma folha...

Uma mão voltada para cima...


Um Adeus, pra quem nunca chegou.




segunda-feira, 16 de março de 2009

Butterflies and Hurricanes

De um lado as asas batem,
Do outro, o vento sopra exageradamente.
E quem vai vencer, ainda é um mistério...



video

quinta-feira, 12 de março de 2009

como uma luva...

"Como dizia o poeta
Quem já passou por essa vida e não viveu
Pode ser mais, mas sabe menos do que eu
Porque a vida só se dá pra quem se deu
Pra quem amou, pra quem chorou, pra quem sofreu
Ah, quem nunca curtiu uma paixão nunca vai ter nada, não
Não há mal pior do que a descrença
Mesmo o amor que não compensa é melhor que a solidão
Abre os teus braços, meu irmão, deixa cair
Pra que somar se a gente pode dividir
Eu francamente já não quero nem saber
De quem não vai porque tem medo de sofrer
Ai de quem não rasga o coração, esse não vai ter perdão
Quem nunca curtiu uma paixão, nunca vai ter nada, não."

Vinícius de Moraes

.

terça-feira, 10 de março de 2009

O valor da amizade.


A amizade é uma pedra preciosa,
é uma luta diária para aceitarmos os defeitos daqueles que amamos.
Este final de semana passei com amizades fantásticas, conheci pessoas ótimas!
A única sensação no final do dia enquanto voltava para casa, com a cabeça encostada no banco macio do ônibus, era de alegria.
A minha maior vontade era pintar um arco-íris na parede do meu quarto, um sol bem brilhante, todos os meus amigos, e a grama verdinha!
.



sábado, 7 de março de 2009

Desperdiçado

"Estou enxugando o chão de receitas bagunçadas de romance"


video




"Tudo que recebemos vem dos outros. Ser é pertencer a alguém."
Jean-Paul Sartre

;

sexta-feira, 6 de março de 2009

Roger Rabbit...

“Ah... As coisas têm dado errado comigo ultimamente. Talvez eu esteja precisando encontrar um trevo de quatro folhas. Preciso da tal sorte!” – disse Ana sem nem sequer virar para me olhar.

Eu fiquei pensando sobre a “tal sorte” por inúmeros segundos, me lembrando de quando tinha sete anos e saía pelo jardim, na casa da minha avó, procurando por trevos de quatro folhas entre aqueles que via normalmente infestando todos os cantos. Foi quando ela me fez voltar à realidade: “Ou talvez tenha que apelar para uma ferradura, ou um pé de coelho.” – falou num tom irônico, enquanto fazia desenhos invisíveis com os dedos no degrau da escada.

Então mais uma vez me perdi em pensamentos nostálgicos dos meus sete anos, quando minha avó criava coelhos para depois faze-los na refeição (um costume que trouxe da Espanha, e que eu particularmente odiava). Me lembrei do apego que tinha com os dois únicos que ela criou, e depois de grandes e fortes abateu para um grande almoço em família.
Fiquei pensando nos pobres coelhinhos e disse a ela com um tom filosofal: “Bom Ana... Um pé de coelho pode não mudar sua vida, mas vai mudar a vida do coelho.”

quinta-feira, 5 de março de 2009

confissões e confusões...

"O homem não vive apenas diversões." - disse-me o homem alto, magro, de bigodes finos e a cartola preta caída na mão.

Fitei-o por alguns segundos, e então rebati: "Homens não vivem apenas diversões, mas sabem se divertir muito bem." - eu odiava o fato de ter que concordar com a falta de sentimento em suas palavras, ou, teria de admitir que ele blefava muito bem.

O homem andou dez passos (eu e minha terrível mania de contar passos no silêncio) ao meu redor, e parou exatamente em minha frente encarando-me com um olhar profundo, com a cartola ainda na mão.

Me preparei para ouvir a próxima frase e responder instantaneamente, mas ele não dizia nada. Por um momento até cheguei a pensar que estava tentando me dizê-la telepaticamente, ou apenas me desafiando com aqueles olhos penetrantes.
“Obviamente nos divertimos muito bem, quando o fazemos, minha cara. Mas também sabemos muito bem o que queremos, quando é verdadeiramente importante para nós.” – seu olhar foi de contentamento por ter dito aquilo, e com um sorriso escondido no canto da boca levantou a cartola em um movimento, encaixando-a em sua cabeça.

Não precisei mais rebater, mandei a ele outro sorriso, me virei, e saí contando meus passos para ver onde me levariam.



inspiration do dia... Capitu !

video

quarta-feira, 4 de março de 2009

Montanha, Maomé.... saca o ditado?

E eis que desce pairando pelo ar uma borboleta linda... Preta com detalhes vermelhos.
Desceu e ficou rodeando minhas mãos, como se quizesse ser pega.

E foi exatamente o que fiz quando decidi me esticar e apanhá-la...

... Ficou imóvel entre meus dedos...

Então decidi soltá-la, só pra ter o prazer de vê-la voar, batendo as asas em busca da sua, e tão linda, ahhhh a liberdade !


(Novamente Dani está a todo vapor com a felicidade,
e também volta com post menor. Viva!)



“Não devemos permitir que alguém saia de nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz.”
Madre Teresa de Calcutá
;

terça-feira, 3 de março de 2009

Até onde vai a sua liberdade?

Quais lugares você pode ir?
Quais pessoas você pode conviver?
Quais músicas que você pode ouvir?
O que é que você pode fazer?

Quais são os limites das suas fronteiras?
Quais são os jogos que você pode jogar?
Quantas vezes pode sair com os amigos?
Quanto dinheiro você pode gastar?

Quanto é que o seu coração pode amar?
Quais são os lugares que pode frequentar?
Qual o caminho certo pra seguir?
Qual o lugar certo para se andar?

Qual é o preço que você vai pagar...?
Por sua liberdade, enquanto pode fazer tanto...
Enquanto pode viajar o mundo,
Enquanto pode conhecer gente,
Enquanto pode amar diversas vezes,
Enquanto pode sonhar infinitamente,
Enquanto pode voar para qualquer lugar?


Qual é o preço que você vai pagar pela liberdade que você possui hoje ?
Pense...








segunda-feira, 2 de março de 2009

E depois do desabafo...


Sempre vem a calmaria, a paz de espírito, e o sussego....

obviamente os posts menores e mais lights!






"Homens fracos acreditam na sorte.
Homens fortes acreditam em causa e efeito."

(Ralph Waldo Emerson)




.

domingo, 1 de março de 2009

Lar doce lar

É engraçado como em um dia tudo pode mudar...
Como uma tarde bonita, de sol, e de um céu pintado cuidadosamente muda tudo.
Na verdade eu não sei porque, e nem como, eu só sei que algo dentro de mim mudou naquele sábado de belíssimo sol e umas gotas de chuva vez ou outra pra quebrar o clima de "inferno".
A estrada e o vento nos meus cabelos me trazia a sensação de liberdade, e as nuvens, da maneira como se posicionavam diante do sol me hipnotizavam - o que fazia com que eu acordasse do transe todas as vezes em que meu primo me perguntava alguma coisa repetidas vezes, porque sabia que eu não estava ouvindo da primeira vez em que havia falado.
Me abasteci como devido valor de que eu estava precisando e assim fui me divertindo conforme as horas foram passando...
As músicas que tocaram não eram mais depressivas, e nem me faziam pensar demais nas coisas da vida, ou nos probleminhas e pessoas que assolaram a minha mente nos últimos dias. Eram canções alegres e que me faziam ficar sorrindo e sendo positiva com relação a mim mesma... levando uma vida com suas normalidades que à tempos não apareciam por aqui.
De alguma forma tenho de agradecer a uma pessoa especial, que mudou a minha vida!!!
Uma pessoa que eu posso esperar, que eu sei que não vai me abandonar nunca, e que agora eu sei que vou ser dependente para sempre....
Uma pessoa que sempre vai me ajudar, e me colocar pra cima quando eu precisar.
Uma pessoa que eu confio cegamente, e colocaria a mão no fogo tranquilamente....

UM MUITO OBRIGADO À MIM MESMA!
eu nunca mais vou me abandonar de novo!





sábado, 28 de fevereiro de 2009

Normalidade

Happy...
Family...
Good...
Day...
Blue...
Sky...
Green...
Trees...
Beautiful...
Place...
New...
Car...
Best...
Cousin...
Better...
Inside...

Viva...
La...
Vida...

sábado, 21 de fevereiro de 2009


" Não há nada que melhor defina uma pessoa do que aquilo que ela faz quando tem toda a liberdade de escolha."


(Willian M. Bulger)


quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Os olhos fecham

E de tanto penar os olhos fecham
Abrem-se periodicamente apenas para fitar
E mesmo sem falar eles dizem muitas coisas

E as palavras se transformam em notas musicais
São lançadas pelo espaço e flutuam por dimensões
Soltando uma breve cantiga sonolenta

Mas há quem pare para reparar no que ela diz
E perceba que ela causa sensações
Se deixando levar pela canção que vem

Também há quem diga que é apenas imaginação
Mas é real aos olhos de quem quer ver
E se queres ver... terás de desejar

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009


Tem coisas que é melhor guardar...

Escrever pra quê?

Se falando já não seria mais meu?

Se falasse, seria de quem ouvisse

E eu não quero perder o que é tão bom

O que tem me feito sorrir

O que tem me feito pensar

O que tem me feito tanto, tanto...

Que de tanto não me fez nada

Mas quem sou eu pra contrariar o instinto?

Uma mera distração na luz do luar

Como uma pequena história

Um rápido episódio de seriado

Se vai ou se vem, agora tanto faz

Só vai fazer mesmo sentido quando desabrochar a flor

Aquela que plantei dentro de mim

A que tenho regado todos os dias

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Aprendi....que ninguém é perfeito enquanto não te apaixonas.
Aprendi....que a vida é dura mas eu sou mais que ela!!
Aprendi que...as oportunidades nunca se perdem... aquelas que desperdiças... alguém as aproveita.
Aprendi que...quando te importas com rancores e amarguras a felicidade vai para outra parte.
Aprendi que... devemos sempre dar palavras boas... porque amanhã nunca se sabe as que temos que ouvir.
Aprendi que...um sorriso é uma maneira econômica de melhorar teu aspecto.
Aprendi que... não posso escolher como me sinto... mas posso sempre fazer alguma coisa.
Aprendi que...todos querem viver no cume da montanha... mas toda a felicidade está durante a subida.
Aprendi que... temos que gozar da viagem e não apenas pensar na chegada.
Aprendi que...o melhor é dar conselhos só em duas circunstâncias....quando são pedidos e quando deles depende a vida.

Aprendi que...quanto menos tempo se desperdiça... mais coisas se pode fazer...


e é aí que me vem o problema...

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Náuseas de uma sexta-feira 13

Difícil era manter o ritmo da respiração,
A alegria das cores,
O constraste do sol que já era quase uma raridade.

As músicas se tornaram melancólicas,
E a chuva fazia a tristeza chegar, e depois correr muito depressa...
Mas bem lá no fundo ainda existia algo queimando,
Que me fazia jurar que ainda estava viva.

As palavras fluiam rapidamente,

Mas era realmente uma pena, já que saíam apenas em minha cabeça
Filosofavam e me faziam discutir comigo mesma.
Eu ficava horas confrontando com minha sombra...

Passei dias sentindo fome, mesmo comendo quando necessário
Passei tardes como um zumbi, vagando em outra dimensão
Sabia ver e ouvir, mas não falava ...
Vez ou outra arriscava, mas saíam apenas pigarros

Mas pra quê ficar pensando ?
Tenho um relógio em meu pulso, e todo o tempo do mundo!

.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

A Andorinha e o Gato...


Fora uma distração
Quando a andorinha ficou parada sobre o asfalto observando o gato
Esquecera as diferenças, e reparara nos detalhes
O gato por sua vez não se moveu
Não deu nenhum sinal de que ia atacá-la, mas ficou parado também fitando-a
E por um instante pareciam se entrelaçar


Mas fora apenas distração...

A andorinha voltou a voar livremente entre as nuvens,
e o gato voltou para sua casa como de costume.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Deixo estar

Paro, penso, com os nervos à flor da pele
Coisas assim me deixam nervosa
Jogo de sedução e palavras amáveis
Porque ele veio como se sempre estivesse
Embora nunca tenha existido em mim

Seria fácil deixá-lo se quisesse me deixar
Mas não seria impossível esquecê-lo
Já que está e não está
Já que foi, permaneceu e não voltou
Mas de alguma forma, ainda está aqui...

.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

A alma do som

A vida é uma música que toca em todas as direções,
e transborda entre os dedos,
os olhos,
as expressões
e todos sentidos humanos.

E cada momento tem merecidamente uma trilha sonora,
um fundo musical acoplado em um estado de espírito,
e uma alma soltando pelos poros diferentes vibrações de diversas cores.

A música é uma vida interpretada por uma alma,
cujo sentido é única e exclusivamente representar
(como em uma peça simples de teatro em um tablado, simples mas significativa a ponto de ser importante).


E todas as notas se desfazem em sentimentos,
e todas as melodias caem como uma luva sobre as cabeças dos personagens,
e todos os momentos são regados zelosamente com suspiros tocados em um violão,
e toda a história se mescla com o um ar diferente e sonoro.

Essa é a vida,
é a música,
é a história pessoal de cada um de nós, é o nosso próprio filme na TV das lembranças.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Verdade Verdadeira

E hoje finalmente aprendi...

Quer ser mais feliz com você mesmo e deixar de se preocupar?
Ouse,
Dê a cara à tapa,
Vá atrás do que te faz feliz!

Tente a Sorte.
Quem sabe em meio a um jardim de trevos exista um de quatro folhas.

.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Maré de gente

Penso em vida...

e logo penso em uma multidão de pessoas indo e voltando como um mar furioso, onde você nunca sabe qual onda pode bater mais forte e te derrubar nas pedras.

E aí você que está lendo me pergunta: "E como saber qual a onda prejudicial?"


Respodo de imediato!


Apenas pegue seu guarda-sol e procure um lugar tranquilo na praia, de onde você possa ter uma visão privilegiada da paisagem, pegar um solzinho sem se queimar demais e relaxar.



Muitos acham que o guarda-chuva seria uma boa solução em dias tempestuosos (como eu em outro dia), mas o guarda-sol seria muito mais apropriado, já que uma vez colocado na areia, te dará proteção em dias de sol muito forte e também em dias chuvosos. Só basta saber aproveitá-lo.



sábado, 10 de janeiro de 2009

A chuva

O dia seguinte amanheceu exatamente como o meu interior escuro... nublado e com muita chuva, que me fez até pensar na possibilidade de ter o poder de mudar o tempo (o que obviamente é uma ilusão).
Eu estava relativamente anestesiada, tranquila, mas com a cabeça fervilhando em milhares de pensamentos e acontecimentos dos últimos dias.
Lembrei-me de momentos bons, de um começo de ano memorável, e de sorrisos que outrora se transformaram em lágrimas frias e úmidas que se misturavam com a chuva fina lá fora e o clima ruim.

A cidade estava quieta, como eu provavelmente ficaria por muitos dias...
Tristeza não seria um problema, já que aprendi a espantá-la sempre com um sorriso (e confesso que apesar de sentir dor, venho aprendendo a me tonar uma mulher forte)

Melhor mesmo é ter um guarda-chuva.


video

ps: sugestões para a última frase do post by Flavia Jorge

Melhor mesmo é...

"tomar guaraná de canudinho"
"relaxar e gozar"
"ser abduzido por ETS fiéis"
"fazer a dança do siri"
"me jogar na parede, me chamar de Gioconda e me levar pra Itália" (by Martinha)


(essa segunda parte poderia ser intitulada
"Idéias para inutilidade pública de um dia chuvoso")

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Má sorte

A noite anterior tinha sido pesada, quente, desconfortante, com uma maré alta de tristezas e preocupações.
Hoje pela manhã o sol já estava alto, e saí com uma sensação ruim, de quem quer ficar dormingo o dia todo.
Acho que a noite pesada de ontem provocara efeitos ruins. Quando pisei na calçada à caminho de casa comecei a sentir gotas minúsculas caindo sobre o meu corpo curvado para observar o chão. Eu estava caminhando como em um enterro: devagar e cabisbaixa com meu óculos escuro, que começou a embaçar com as gotas. Rapidamente coloquei-o dentro da bolsa, e segui vagarosamente pela rua enquanto a chuva aumentava.
Avistei várias pessoas correndo para escapar, mas eu permaneci com passos curtos, sentindo as gotas se estatelarem sobre mim, e agradecendo por lavar a minha alma.
Minha gratidão durou segundos, pois, a chuva confortante durou pouco, mas, infelizmente meus pensamentos ainda duravam com a mesma intensidade...

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

reticências

E veio o cavalo branco selvagem galopando em minha direção, sem ele.

Onde estaria o príncipe inexistente?

A minha torre é meu apartamento no último andar, de onde posso ver o pôr-do-sol, mas não ele.

Súditos eu não tenho... Apenas amigos.

Riquezas guardo no coração e n'alma.

E o sapatinho com certeza não é de cristal...

Mas estará em algum degrau da escada após a meia-noite se ele não vier.

Apenas perdido para ser encontrado.

.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Contados


E o vento soprou pela ultima vez...

Quando voltou já não era mais o mesmo,

Era novo, tranquilo, e revigorante.

Tinha um ar gostoso,

Como quando se é criança,

E o cheiro da chuva aparece de tardezinha.

Fechei os olhos e mergulhei em minhas profundezas,

Rapidamente apaguei todos os meus pensamentos,

Me livrei de todos os acontecimentos, e,

Limpei minha mente para o novo!


E qual não foi a minha surpresa quando o telefone tocou,

Quando você chegou,

Quando o interfone tocou,

Quando desci com o vestido branco e você estava lá.

Que surpresa com a sua gentileza,

De abrir a porta pra mim,

De criar sorrisos sem fim,

De fazer um carnaval dentro de mim.


E que seja assim...

E que assim seja.