quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

A Caminhada do Adeus...

Passos, lamentos, murmúrios e até pode-se ouvir falar sobre a roupa de alguns, a vida de outros, e o quão importante são.

Uma multidão levada pela tristeza, para seguir a corte de uma vida que quase não existiu, e foi sem poder dizer adeus

Foi porque nem se quer aprendeu

Foi porque sua missão cumpriu

E não há de ter outra explicação para justificar o fim de uma vida tão pequena e frágil

Ela era um anjo, sim, era ela.



.

Um comentário:

Flávia Jorge disse...

sem dúvida uma das cenas mais chocantes da minha vida.