quinta-feira, 5 de março de 2009

confissões e confusões...

"O homem não vive apenas diversões." - disse-me o homem alto, magro, de bigodes finos e a cartola preta caída na mão.

Fitei-o por alguns segundos, e então rebati: "Homens não vivem apenas diversões, mas sabem se divertir muito bem." - eu odiava o fato de ter que concordar com a falta de sentimento em suas palavras, ou, teria de admitir que ele blefava muito bem.

O homem andou dez passos (eu e minha terrível mania de contar passos no silêncio) ao meu redor, e parou exatamente em minha frente encarando-me com um olhar profundo, com a cartola ainda na mão.

Me preparei para ouvir a próxima frase e responder instantaneamente, mas ele não dizia nada. Por um momento até cheguei a pensar que estava tentando me dizê-la telepaticamente, ou apenas me desafiando com aqueles olhos penetrantes.
“Obviamente nos divertimos muito bem, quando o fazemos, minha cara. Mas também sabemos muito bem o que queremos, quando é verdadeiramente importante para nós.” – seu olhar foi de contentamento por ter dito aquilo, e com um sorriso escondido no canto da boca levantou a cartola em um movimento, encaixando-a em sua cabeça.

Não precisei mais rebater, mandei a ele outro sorriso, me virei, e saí contando meus passos para ver onde me levariam.



inspiration do dia... Capitu !

video

Um comentário:

Andre Sem Acento disse...

(palmas) Aeeee!!!!!

Muy bom!!!

Não assisti Capitu =/